O artista Beto kelner sempre se inspirou em mulheres  fortes e mais uma vez, apresenta em sua obra o desejo de valorizá-las. Na série Black Fridas inspirou-se no Movimento Feminista Negro dos EUA, que se tornou popular na década de 60 em uma luta contra o sexismo, o racismo, o preconceito e desvalorização da mulher negra. Ele retrata na obra a cor, a alegria e a beleza black power como ferramenta de afirmação da cultura negra que transcende o campo da beleza e significa o encontro com a identidade e a força interior .

0 Produtos Encontrados
Nenhum registro encontrado.